Facebook Twitter YouTube RSS
+ - TAMANHO DO TEXTO

NOTÍCIAS

Comunidade debateu “Segurança Pública em Xanxerê”
Câmara Sex, 07/04/2017 - 15:32

Comunidade debateu “Segurança Pública em Xanxerê”

Autoridades constituídas no Executivo, Legislativo, Judiciário e Promotoria Pública, lideranças da comunidade, associações, clubes de serviço, entidades, sindicatos, imprensa e convidados, participaram do debate promovido em audiência pública na Câmara Municipal.

Ao conduzir a audiência pública o presidente da Câmara Municipal, Adriano De Martini passou a palavra inicialmente ao prefeito Avelino Menegolla, que colocou o Poder Executivo à disposição. “Queremos colocar a estrutura do município à disposição de todos e ser parceiro para ações neste tema relevante para nossa cidade e o interior”, afirmou.

Representando o 2º Batalhão de Polícia Militar de Chapecó, o Major Fred Hilton se disse satisfeito com a participação que visa coibir a criminalidade. “O momento serve para potencializar processos, verificando dificuldades, problemas para enfrentar um serviço melhor, onde todos os órgãos devem colaborar e contribuir, fazendo melhor a segurança pública”.

A Deputada Estadual Luciane Carminatti, parabenizou a Câmara pela iniciativa do debate destacando que segurança é um problema que começa com a discriminação da Região Oeste, pelo atendimento de um único Batalhão da Polícia Militar e segurança é um direito de todo cidadão, seja na área social, cuidando da educação, cultura, da iluminação pública, programas educativos e famílias de risco mapeadas. “Cabe aos operadores da segurança pública buscar melhorar o atendimento, usando mais estrutura como efetivo, telefones, internet, rede social, entre outros”.

Para o presidente da União Xanxerense das Associações de Moradores, Jair Valentini, “segurança pública se faz também com parcerias, envolvendo as lideranças nos bairros num contato mais efetivo com a polícia, mas a base deste tema vem da educação, envolvendo crianças em mais atividades, criando conceito e respeito”.

O comandante do 9º Grupo da 3ª Cia. Do 2º Batalhão de Polícia Militar Rodoviária, Sub Tenente Jorge Luis Kessler, destacou que hoje, a atribuição do policiamento rodoviário atende 258 Km de malha viária que liga Norte e Sul do Brasil. “Toda produção passa aqui e em 2 anos, tivemos do trevo da FEMI, onde inicia a SC 480, até o trevo da empresa Hacker, divisa com Bom Jesus, o registro de 78 acidentes de trânsito, com 34 vítimas, existindo 7 óbitos num percentual de 10% de acidentes com vítima fatal o que é preocupante”.

A Dra. Ana Cristina Boni que representou a Promotoria Pública, destacou que a maior incidência de crimes em Xanxerê é contra o patrimônio e preocupa o crescimento dos crimes violentos contra a pessoa, em especial homicídios. “Um pouco pela degradação de valores que estamos vivendo, talvez pela ausência de espaços públicos de lazer onde se envolvem muitos jovens, com o consumo de álcool e violência doméstica familiar”.

“Mesmo assim parabenizo as forças policiais do município, apesar de todas as dificuldades enfrentadas na expectativa de que o debate sobre segurança pública pode ajudar a buscar soluções e medidas que se possam ser implementadas aqui, auxiliando na mobilização popular para exigir de nossos representantes, decisões políticas que venham atender as necessidades locais”, finalizou.

O Delegado Ícaro Freitas Malveira, representou o Delegado Regional Albino de Araújo na audiência pública e destacou dois assuntos com maior urgência, sendo o aumento do número de policiais em Xanxerê e a situação do Presídio com limitações na efetivação de prisões. “É importante também a postura da comunidade na segurança pública, auxiliando com denúncias para se conseguir melhorar a ação de prevenção”.

Morador da localidade de Linha Santa Terezinha, o senhor Vicente Zanela citou o furto em sua propriedade e que toda família está com medo, pois moram sozinhos e sentem muita insegurança.

O presidente da Câmara Municipal, Adriano De Martini elencou os principais encaminhamentos que serão direcionados após a audiência pública.

“Vamos retomar o trabalho do Fórum Permanente de Segurança Pública criado em 2013 com comissões técnicas para debater as diferentes tarefas com toda comunidade; cobrar ações integradas da polícia com o Conselho Comunitário de Segurança – CONSEG; buscar um programa municipal para a educação da população, principalmente crianças e juventude através da formação de seu caráter, voltado ao combate da violência; a reativação da Patrulha Rural intensificando a fiscalização e o trabalho preventivo no interior;  cobrar a instalação de mais câmeras de vídeomonitoramento e buscar estruturação com melhor iluminação pública; lutar pela implantação do Batalhão da Polícia Militar em Xanxerê, cobrando do Estado o aumento do efetivo no Corpo de Bombeiros, Polícia Militar, Polícia Militar Rodoviária e Polícia Civil. O conjunto dessas iniciativas irão melhorar a segurança, diminuir os índices de criminalidade, pois Xanxerê pode sim, ser referência para outras regiões. No entanto, cabe ressaltar que a segurança pública é dever do Estado, mas a responsabilidade é de todos nós”.
Mesa debatedores 1
Mesa debatedores 2
Mesa debatedores 3

YouTube

2013 - 2OP DIGITAL

Câmara Municipal de Vereadores de Xanxerê
CÂMARA MUNICIPAL DE VEREADORES DE XANXERÊ
RUA RUI BARBOSA, 238, CENTRO / 49 3433-0648
89820-000 / XANXERÊ-SC